November 12, 2018

October 2, 2017

March 4, 2017

February 24, 2017

December 11, 2016

Please reload

Posts Recentes

The book

March 4, 2017

1/2
Please reload

Posts Em Destaque

Preciousness

November 12, 2018

 

What is made of me? Why I did not create more? For a long time I do not give news of me, but I'm alive! I guarantee! Sometimes life is very difficult ... Well! Thinking better! Life is not really difficult or easy. Life is only what we make of it. If I have a spirit in which everything I see seems difficult, it is obvious that life will become difficult. I continue here with my life from before. I have my professional work that I like, I do my runnings, I have my friends and "angels without wings", my projects, but in the recent past, everything I did, nothing seemed to go well as I would wish! And then I was letting myself be carried away by this defeatist feeling that culminated in a lack of will to create and therefore photography was 
getting forgotten between skeptical feelings. I tried and forced a few times, but whatever the difficulty was, I gave up on the act. This last year, in fact, has been a very long year of defeatism and a constant roller coaster of feelings. I accept that in life there are less favorable periods, but the funny thing is that I have always been a person who does not give up easily and it seems that I was forgotting that.

 

So I had to do something to remind myself of it, every day. A few months ago, I decided to have a tattoo on my left wrist. What? A tattoo! Unthinkable thing in the past, but I did it! A tattoo to remind me that I should never give up what makes me happy. When I wake up early in the morning, there's the tattoo to remind me of "Never give up." And so it has been every day since. One day at a time! And, behold,  inspiration comes after one of the most beautiful sensations we can feel: genuine friendship. When you have, like me, someone who gives us value for who we are, we do and care how we are, that is a precious thing to be treasured and saved for the rest of our lives. And it is with this feeling that I was inspired to do this work and that is part of a story, which will culminate in a series of 3 photos.

And you? How do you deal with bad times? And how do you preserve your friendships?
See you soon!

 

 

O que é feito de mim? Porque eu não criei mais? Já há muito tempo que eu não dou noticias de mim, mas eu estou vivo! Garanto! Só que às vezes a vida é muito difícil... Ou melhor! A vida não é propriamente difícil, nem fácil. A vida é somente aquilo que nós fazemos dela. Se eu estou com um espírito em que tudo o que vejo parece difícil, é óbvio que a vida torna-se-a difícil. Eu por aqui continuo com a minha vida dantes. Tenho o meu trabalho profissional que gosto, faço as minhas corridas, tenho os meus amigos e os meus "anjos sem asas", os meus projectos, mas no passado recente, tudo o que fazia nada parecia correr bem como eu o desejaria! E então fui deixando me levar por este sentimento derrotista que culminou numa falta de vontade de criar e assim a fotografia foi ficando esquecida entre sentimentos cépticos. Tentei e forcei algumas vezes, mas qualquer que fosse a dificuldade que surgisse, eu desistia no acto. Este meu ultimo ano, tem sido de facto um ano muito na onda do derrotismo e uma constante montanha russa de sentimentos. Aceito que na vida haja períodos menos favoráveis, mas 
o curioso é que sempre fui uma pessoa que não desiste facilmente e parece que me fui esquecendo de tal. Por isso, tinha de fazer algo para me recordar todos os dias em não desistir. Há uns meses, resolvi fazer uma tatuagem no pulso esquerdo. O quê? Uma tatuagem! Coisa impensável no passado, mas assim foi! Uma tatuagem para me lembrar que eu nunca devo desistir daquilo que me faz feliz.
Quando acordo bem cedo de manhã, lá está a tatuagem a lembrar-me "Never give up". E assim tem sido dia após dia desde então. Um dia de cada vez! E eis que o não desistir, resulta numa inspiração que surge após uma das mais belas sensações que podemos sentir: a amizade genuína. Quando se tem alguém que nos dá valor pelo o que somos, fazemos e se importa como estamos, isso é uma preciosidade que se deve estimar e guardar muito bem para o resto da vida. E é com esse sentimento que me inspirei em fazer esta obra e que faz parte de uma historia, que culminará numa série de 3 fotos. E vocês? Como lidam com os maus períodos? E como preservam as vossas amizades?
Até já!

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga
Please reload

Procurar por tags
Please reload

Arquivo
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square